Papo Sério: 'Perdi minha virgindade com meu professor de geografia e ele sumiu'

09:57

O Papo Sério de hoje fala sobre um assunto que todo mundo já passou ou vai passar um dia, a perda da virgindade. Quem desabafa é a nossa leitora de São Paulo, C.T. Vamos ao depoimento?!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Oi Carriê, meu nome é C.T sou de São Paulo. Hoje vim contar a burrada que eu fiz. Minha história é um pouco longa, mas acabei perdendo minha virgindade com meu professor de geografia. Tudo começou quando entrei para a escola nova e fiquei de recuperação em geografia. Sim, em geografia! Acredita?! Pois bem, comecei a ter aulas de recuperação com ele e eu, era a única da sala. Não ligava muito para a disciplina, mas confesso que o jeito que ele me ensinava era muito divertido. Com o tempo fui me apaixonando, com o jeito que ele falava, com o jeito que ele pegava na minha mão para desenhar os mapas e com o olhar por cima dos óculos. 

Depois de algumas semanas, tendo aula à tarde, eu já não ia pela disciplina e sim pela companhia dele, eu com 16 anos e ele com 27, diferença boa de idade, mas quem ligava, achava que ele também gostava de mim. 

Até que um dia, chovia muito na cidade, já passava das 18h, o turno da tarde já havia sido liberado e já não havia quase ninguém na escola. A minha sala é daquelas que tem a janela alta e a porta poderia ser fechada por dentro. Minha aulas já tinha acabado e esperávamos apenas a chuva passar, até que conversamos por horas, ele parecia cansado e então resolvi tirar um pacote de biscoito da bolsa e sentei ao lado dele.

Por descuido deixei um dos biscoitos cair, baixei e por mais um descuido bati a cabeça em uma das mesas, doeu um pouco, confesso, mas ele mostrou-se preocupado e trocamos olhares e nos beijamos, foi o beijo mais doce que já tinha sentido. Notei que, com toda a delicadeza, ele tocava meu corpo, fiquei feliz por ser correspondida, ele sabia exatamente como me tocar e as coisas foram rolando...e aconteceu e foi perfeito, depois ele me levou para casa e nos despedimos com um beijo e desde então não nos falamos mais. Porém, já fazem uma semana que não o vejo na escola, perguntei na diretoria por ele e me informaram que ele está doente e eu queria muito vê-lo. Muito burra, não pedi nenhum tipo de contato! E agora o que devo fazer? Vou atrás dele, onde procurar?? Como fazer para achá-lo? Estou completamente apaixonada! Me ajude!
----------------------------------------------------------------------------------
Olá  C.T, obrigada por escrever para o blog. Isso me lembra a infância,  quando me apaixonei pelos meus professores de matemática e um tempinho depois pelo de geografia, mas não cheguei a tanto assim, pois a nossa diferença de idade era muita! Fico muito feliz por você ter sido correspondida e ter tipo uma primeira vez, tão alucinante assim. rsrs. 

Agora, foi um erro sim, você não ter nenhum outro contato dele, é uma pena! Mas já que ele está doente, tente investigar possíveis contatos com ele, um Facebook, um contato telefônico. Já que ele está doente e você quer muito vê-lo, tente achar o endereço do hospital, talvez ele ficaria bem feliz em revê-la. 

Outra dica é ir até a secretária da escola e tentar, digo tentar, o endereço do hospital, diga que está muito preocupada ou que tem uma coisa muito importante para falar com ele. Talvez eles liberem alguma coisa à você. Mas não perca a esperança, logo, logo ele estará de volta e vocês poderão ter uma conversa séria sobre o assunto. Caso não consiga nada sobre ele, que eu acho difícil, o foco será esperar. Depois conte tudo que seu coração quer expressar e boa sorte. Viu!
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Se você também passou ou passa por algo que te incomoda e quer desabafar, pedir conselhos. Escreve para gente pelo e-mail: mundodecarrie@gmail.com
Mas se você quer deixar um recadinho para a C. T., deixa aqui nos comentário. Sua participação é muito importante e com certeza vai fazer toda a diferença, viu?! Beijos!

You Might Also Like

13 comentários

  1. Manda pedir na secretaria o email dele porque precisa falar um assunto muito importante sobre alguma prova, inventa alguma coisa assim.

    ResponderExcluir
  2. Oinnn,tô passando a mesma coisa na escola. tô amando meu professor de quimica e nem sei como chegar nele. Ele tem 22 anos e eu 16. ele é super novinho.. :3

    ResponderExcluir
  3. Poxa, não quero ser pessimista não sabe, mas ao que tudo indica ele deu no pé! Como assim? Bem, você é menor de idade e além de perder o emprego ele pode ir para a cadeia! Porque com certeza seus pais não teriam uma visão tão romântica da coisa assim como você teve, sinto muito, espero que não seja isso, mas se for... Esteja preparada para ter ele só na lembrança. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  4. Bem, eu não acho que a idade importa, mas nesse caso é complicado. Afinal, ele é professor e pode perder o emprego. Mas a C.T. tem que procurar notícias dele e ter uma conversa séria, ver se ele quer algo mais ou só se aproveitou da garota (o que, infelizmente, é mais normal). Espero que dê tudo certo para ela! Também estou apaixonada por um cara mais velho (20 anos de diferença) e estou dando tempo ao tempo. Se eu ficar com ele, tudo bem. Se não, o melhor é esquecer.

    Beijo, adorei a postagem.

    www.sobreteusolhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olha, na boa. Ele é um cara de 27 anos. Tem muito mais experiência amorosa do que você. Quando um homem quer ver uma mulher [garota?] de verdade, ele simplesmente encontra. Não tem chuva, não tem sono, pé quebrado que o impeça, acredite: já conheci alguns cafajestes. Um deles, inclusive, já me confessou sobre isso, ao falar dessas mulheres que costumam ligar no dia seguinte ( isso os deixa assustados, acham que a mulher tem síndrome de mulher pegajosa, que não sabem esperar, não largam do pé e somem). Mas deixa eu ver se entendi; vocês transaram dentro da escola? Porque se foi isso mesmo pode ir preparando seu psicológico ANTI-CAFA: Vocês já estão há algum tempo sem se ver. Procure saber dele, alguma notícia, telefone, qualquer coisa que faça você encontrá-lo. Se conseguir, NÃO SE ABRA PRA ELE. Não vá fazer a chorosa e dizer que está perdidamente apaixonada. Isso é o mesmo que jogá-lo contra a parede pedindo súplica. Apenas diga que ficou sabendo que estava doente e pergunte se está tudo bem, se é algo grave... Estique conversa sobre o assunto-pretexto- inventando-desculpa-para-encontrá-lo. Quando não conseguir mais enrolar [aquele momento que você tem a sensação constrangedora de não poder mais fugir do assunto real: o caso de vocês], elogie. Diga que gostou da EXPERIÊNCIA, que a maneira como ele te tocou foi muito deliciosa e que por isso gostaria de repetir a dose. Daí só tem duas saídas: ou ele nega te dar uma segunda dose [ aí é só choro e vela] ou combinam outra dose [aproveita pra trocar contatos, gata]. Mas atenção: se a segunda opção acontecer, ele não irá correndo atrás de você no dia seguinte. Vocês muito provavelmente vão ficar mais tempo sem se ver. Então, NADA DE FICAR MANDANDO LIGAÇÕES E MENSAGENS QUE NEM UMA MALUCA DESESPERADA. Se ele quiser ele vai te encontrar e pronto, não tem conversa. Ao se encontrarem, marcarem um encontro, muito provavelmente vocês irão transar de novo. É nessa hora que você tem que ficar atenta: se vocês transarem de novo e, depois de alguns dias-uma semana- ele não der sinal de vida, é porque ele está te enrolando e muito provavelmente irá inventar outra desculpa pro sumiço dele. Não caia nessa, ele estará tentando fazer você de lanchinho de geladeira (guardar pra poder ter do que comer mais tarde, quando não tiver outra opção no cardápio).Por que eu digo isso? Porque é isso que os cafas fazem e se meu faro não falha, o seu prof é um belo de um cafinha.[homens cafas, principalmente os fofos, tem um jeito único de deixar a gente perdidinha. É sempre bom ter um cafa, é de fato uma bela experiência estar com um. Mas eles não são fáceis em se meter em namoros: qualquer coisinha que os incomode, eles pulam fora. Por quê? Experiência gata. Quando se tem muitas experiências amorosas você aprende a identificar aquilo que lhe incomoda no outro por experiência passadas a ponto de não querer viver de volta. Cafas costumam ter muita experiências amorosas e essa é a melhor parte, pois você aprende muito com eles. Mas se você é do tipo que não gosta dessas coisas de transar com pessoas sem ter comprometimento com elas, se não curte essas idéias, caso confirme o que estou supondo o que ele seja, é melhor cair fora pra não se machucar: apenas tire o que foi de bom, tome como aprendizado e parte pra outra].


    ResponderExcluir
  6. Minha filha vc é burra??? O nome disso é pedofilia, vc é praticamente uma criança e foi abusada, SIM ABUSADA, ele se aproveitou da sua inocência e qualquer pessoa que se aproveita da inocência da outra não presta! Ele provavelmente deve ter uma namorada e agora está contando para os amigos que COMEU uma aluna, ainda por cima VIRGEM!!! Sua anta, vc irá se arrepender disso mais tarde, e se vc realmente quer fazer algo de bom para alguém, leve esse fato à direção da escola, pois um professor que faz isso com uma aluna dentro da escola, com certeza tem o hábito de praticar sexo com outras alunas também! Só uma dica... quando o cara gosta de vc, ele te respeita, ele te leva pra jantar, ele gasta com vc, ele conhece seus pais, ele te namora, ele te manda flores, e então só depois ele te COME!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BURRO É VOCÊ ANÔNIMO por achar que uma menina de 16 anos já não sabe o que é sexo, quanto mais fazer. Garotas de 11 anos estão fazendo sexo e você ai com a mente fechada achando que uma garota de 16 não sabe o que esta fazendo. AAAAAH, ME POUPE. E OUTRA, essa coisa de mandar flores, namorar e só depois "comer", é antes do tempo da minha avó. Se liga anônimo, OS TEMPOS MUDARAM!

      Excluir
    2. SE ela não fosse virgem... pelo jeito ela é bem iludidazinha, e se papai, mamãe e diretores descobrirem isso ele com certeza está mais do que lascado..
      E mais sexo na escola???
      coisa de no minimo cafajeste no máximo pedófilo.

      Excluir
  7. O problema é justamente esse... se ela agisse de acordo com a idade não estaria ai sem a virgindade dela e toda arrependida!!!!

    ResponderExcluir
  8. Concordo com o 4º anônimo, ele só comeu e sumiu, gente de caráter não faria isso. Sim, tem meninas mais novas que já fazem sexo,mas nem todas são assim, algumas são mais românticas, e eles se aproveitam disso.

    ResponderExcluir
  9. Perdi minha virgindade com meu professor também, mas estivemos juntos por 2 anos, nos conhecendo e um afim do outro. Depois de 1 ano ficamos e depois de mais 1 que eu me entreguei e rolou. Foi tudo ótimo, mas durou apenas 1 mês. Eu decidi parar porque no meio tempo havia encontrado alguém que eu tinha futuro e ele decidiu então voltar pra ex. Hoje tenho 17 e ele 32. É complicado, nem todo mundo sabe lidar, mas tenho a sensação que ele deu essa sumida pra esperar as coisas esfriarem (não creio que ele tenha planejado isso antecipadamente). Espera passar mais um tempo pq 1 semana é pouco pra você estar tão perdidamente apaixonada assim depois do sexo.

    ResponderExcluir
  10. Simples, vc é menor e ele seu professor. Ele infringiu o código de ética que proíbe relacionamento entre aluno e professor e pode ser demitido por isso. Sumiu por medo, e vc daqui a uns anos vai perceber a cagada que fez.

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Formulário de contato